Quando falta propósito, também falta engajamento e motivação- Por Gabriel Villarreal

Qual a importância que você dá para o propósito da empresa? Já parou para pensar que no trabalho em equipe, propósito, engajamento e motivação, caminham lado a lado? Afinal, qual é o seu papel na empresa? 

Perguntas que nos promovem reflexões e, por isso mesmo, são fundamentais para compreendermos que, na falta de um propósito, os demais pontos também mostram carência.

Como alinhar o propósito da empresa com todo o time? É sobre isso que nosso grande palestrante de sucesso, Gabriel Villareal, nos conta a seguir. Acompanhe! 

Propósito da empresa

Lições da Disney: o que você pode assimilar e colocar em prática em sua empresa? – Por Gabriel Villarreal

Pensar no propósito de uma empresa, é pensar, acima de tudo, em missões e visões muito bem definidas. Em outras palavras, isso significa que os valores expressos no papel, devem sair dele e partir para a prática, para as ações diárias do negócio, relações com público e parceiros de negócios, e atingirem todos os funcionários, colaboradores, líderes, gestores. É como uma bússola indicando a direção.

O propósito da empresa está intimamente ligado a questões como engajamento e motivação. Se o empreendedor não tiver a cautela de desenvolver um propósito autêntico para o negócio, e se este propósito não for compartilhado, o time simplesmente se vê perdido, sem orientação. 

O resultado dessa falta de propósito é algo bem nítido. Turnover, produtividade baixa, falta de motivação. 

Qual o papel de cada um dentro da empresa? É preciso alinhar o propósito para incentivar o engajamento e motivação 

Um estudo da MacKinsey & Company revelou que os colaboradores considerados linha de frente, eram menos inclinados do que os líderes, a dizer que compreendem de que maneira o seu papel ajuda no propósito da empresa. 

E o que isso, de fato, quer dizer? Que há uma barreira quando pensamos no alinhamento da equipe. 

Qual solução mais plausível diante desse cenário? 

Certamente, usar estratégias comunicativas que, não apenas deixem claro o propósito do negócio,  mas disseminando de maneira simples e acessível, o objetivo da empresa, bem como a sua estratégia organizacional. É preciso que todos saibam como aplicar esse propósito. 

Me lembro de um trecho da minha entrevista, aqui mesmo para a Agência Palestras de Sucesso, onde falei sobre o papel que desempenho na minha empresa de palestras:

“Percebi que minha maior responsabilidade era justamente de ser o mensageiro do sonho, da magia, da ideia de uma vida mais feliz no trabalho juntamente com uma melhoria constante de resultados. A partir de então eu decidi que meu cargo passaria a ser CDO – Chief Dream Officer. Sim, eu sou o responsável por levar às pessoas um pouquinho do sonho e da magia que a Disney representa em minha vida e em meus negócios.” 

E é esse sentimento, esse desejo, esse objetivo, de transmitir magia, sonho, que norteia minhas ações e as da minha equipe, em um alinhamento que visa sempre a busca da sintonia perfeita. 

Algumas dicas para aproximar e alinhar a equipe com o propósito da empresa 

Algumas soluções em conjunto, podem ajudar bastante a comunicar e estabelecer este link entre os colaboradores e o propósito da empresa. Por exemplo:

  • Incentive o time a sair da chamada zona de conforto 

Pautando-se no propósito da empresa, procure criar um cenário na empresa que seja favorável para que cada membro da equipe possa ir além das expectativas. Estimule o compartilhamento de novas ideias, de questionamentos, ao invés de focar somente em metas. Uma equipe que se descobre capaz de pensar fora da caixa é uma equipe capaz de trazer mais retorno, evoluindo e tendo maior produtividade e motivação para encarar os desafios de maneira mais positiva.

  • Aceite o erro 

É preciso que seu time se sinta seguro em cometer erros, afinal, este é o preço que se paga muitas vezes pela ousadia, certo? 

Já reparou que a questão do time se manter na zona de conforto pode ser resultado direto do medo de ousar e falhar? Errar faz parte do processo. Com o tempo, o alinhamento vai se “afinando”, e é possível reger o trabalho em equipe como em uma orquestra. Se você é líder, enxergue os deslizes e falhas como oportunidades de crescimento e de evolução. 

  • Sempre celebre as vitórias, mesmo aquelas consideradas pequenas 

Nem preciso dizer no quanto essa celebração transmite ao colaborador, a sensação de que ele é, de fato, valorizado, não é mesmo? 

Ao comemorar, o time entende que seguir o propósito o leva a atingir resultados satisfatórios, é como uma recompensa, o que o motiva também a inovar.

Agora quero saber sobre o seu negócio: sua empresa está alinhada com o time? 

Conheça as palestras de Gabriel Villarreal, um verdadeiro elaborador de sonhos

Gabriel Villarreal é Chief Dream Officer, e leva a metodologia Disney de forma fantástica para as mais diferentes empresas. Em suma, sua história com a Disney e comunicação perfeita fazem com que suas apresentações sejam mágicas, mas também praticáveis.

Desse modo, veja agora o perfil de Gabriel Villarreal e o contrate agora mesmo. 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes