Proteção de Dados é um investimento na estrutura da empresa – Por André Ravani

Como você enxerga a proteção de dados em seu negócio? Não importa o tamanho da organização, todo negócio hoje em dia, que tenha o mínimo nível que seja de maturidade, saber que não se trata de um gasto, mas sim, uma necessidade para a saúde do empreendimento. Sendo assim, ao adotar medidas de segurança de dados, o empresário passa a  investir na estrutura da empresa, o que é determinante para a sua sobrevivência. 

André Ravani, advogado dos mais premiados do Brasil e palestrante que desponta cada vez mais no cenário corporativo, nos fala mais sobre o tema a seguir. 

Lei Geral de Proteção de Dados: será que sua empresa está exposta?

Muitos gestores questionam se a empresa está segura, sobretudo após a implementação da LGPD. Todos nós sabemos que se adequar a esta lei é vital para todas as empresas e que negligenciar tal obrigação pode até mesmo decretar o fim de um negócio, tamanho o montante a ser pago em multas, por exemplo.

Contudo, mesmo que você “se adeque”, há outro desafio importante: identificar se a equipe está preparada para atender as exigências da legislação.

Boa parte dos casos de incidentes de segurança são causados por descumprimento de normas de compliance

Você sabia que na grande maioria dos casos de incidentes de segurança, ocorrem descumprimento de normas de compliance?

Indo mais longe: tem ideia da raiz de tal evento? Pois bem, o cerne do descumprimento é fruto, normalmente, de falta de treinamento.

Investir na proteção de dados implica acima de tudo, em investir no material humano da empresa, por meio de treinamentos, palestras, workshops, dentre outras ferramentas. 

“Os colaboradores, muitas vezes, não sabem de fato qual a postura adotar em determinada situação (como eventual fraude causada por e-mail malicioso encaminhado para a empresa, o que é chamado de “engenharia social”).” – André Ravani

Além de investir em treinamento, adote a estratégia do “pente fino”

Fora investir no treinamento do time, há ainda duas outras estratégias cruciais quando pensamos em investir na estrutura da empresa com a proteção de dados. Uma delas é realizar o famoso “pente fino”, tanto nos contratos, quanto nas políticas e relacionamentos com fornecedores.

Após uma análise criteriosa, fica mais claro compreender de fato qual o risco da empresa perante a legislação.

Todas as ações citadas acima, ajudam o gestor a ter noção se está diante de um grande, médio ou mesmo pequeno problema e partir dessa noção, ele pode definir quais passos adotar para suprir as demandas e sanar as dores em relação a proteção de dados.

Conclusão

Como conclusão, deixo na verdade um conselho: 

“Procure identificar a Proteção de Dados como um investimento na estrutura da empresa, que trará maior confiabilidade de seu cliente e maior segurança contra eventuais fiscalizações (que ocorrerão).”

Você tem investido nessa questão? Me conte! E compartilhe este artigo com seu amigo empresário que precisa ler isso.

As palestras de André Ravani são fundamentais para preservar e alavancar seu negócio

O professor e palestrante de sucesso, André Ravani, conta com mais de 20 de anos de uma carreira sólida, desenvolvida em escritórios nacionais de médio e grande porte. Além disso, usufrui de uma larga experiência no contencioso e consultivo cível digital. CEO da empresa Laris Consultoria em Proteção de Dados, tornou-se especialista na Lei Geral de Proteção de Dados, obtendo a certificação internacional de DPO, emitida pela empresa Exin.

Quero levar o André Ravani para minha empresa e evento AGORA!

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes