O que é o PMA e como ele pode revolucionar sua vida em todas as esferas?- Por Luís Perossi

“Uma atitude mental positiva é uma obrigação para todos os que desejam fazer a vida valer a pena em seus próprios termos. Nada de grande foi alcançado sem uma atitude mental positiva. ” –Napoleon Hill

Você já ouviu falar que o sucesso não acontece por acaso, certo?

Seja lá o que o sucesso signifique para você, é fato que há uma ciência para alcançá-lo. E o mais “louco” de tudo, é que essa ciência não é algo complicado. É simples e bem prático. Essa metodologia não tem requisitos como ter ensino superior e pode ser adquirida sem custos.  A ferramenta para dar o primeiro passo rumo ao PMA – Positive Mental Attitude, todos nós já temos.

Mas, WTF is PMA, Perossi? É o que vou te contar a seguir, cola comigo! 

PMA, hardcore – punk e o senso comum da autoajuda

Antes de mais nada, sempre fui um crítico de livros de autoajuda. Isso pelo fato desse tipo de literatura me ligar aquele lance “good vibes”, que na real, tem uma pegada de positividade tóxica.

Portanto, algumas ressalvas antes de prosseguir:

  • Sentir tristeza faz parte da condição humana e também é saudável;
  • Nada é perfeito e sim, reclamo de várias coisas, fico indignado e aceito que não dá pra ser alegre o tempo inteiro. Essa pegada gratidão universo 24 horas por dia que muitos “pregam” por aí me soa algo totalmente fake;
  • Não sou coach, não quero ser, esse não é o meu rolê;
  • O intuito do texto é falar sobre experiência pessoal e minha visão sobre PMA, como isso me ajuda e traz resultados positivos para a minha vida, me fortalecendo diante das dificuldades e me fazendo seguir em frente. 

Ou seja, não se trata de mais um senso comum de autoajuda, mas da minha vivência (e de muitas outras pessoas) no meio hardcore- punk. 

Aliás, o que o cenário hardcore- punk tem com isso? (alguém do outro lado da telinha certamente se perguntou).

Leia também: O que o punk pode nos ensinar sobre empreender?- Por Luís Perossi

O lendário grupo de hardcore rasta Bad Brains foi quem inseriu essa ideia de Positive Mental Attitude no meio punk. A canção Atitude é um documento histórico, com frases como:

“Não se importe com o que dizem de nós, temos atitude /Hey nós temos o PMA”.

De acordo com a Wikipédia:

“ O conceito PMA foi introduzido pela primeira vez em 1937 por Napoleon Hill no livro Think and Grow Rich . O livro nunca usa realmente o termo, mas discute sobre a importância do pensamento positivo como um fator que contribui para o sucesso. Mais tarde, junto com  W. Clement Stone , fundador da Combined Insurance , Hill escreveu a obra “O Sucesso por meio de uma atitude mental positiva”. Ali sim, ele define atitude mental positiva como compreendendo as características “positivas” representadas por palavras como fé, integridade, esperança, otimismo, coragem , iniciativa, generosidade, tolerância, tato, gentileza e bom senso.”

Para se aprofundar mais no conceito, deixo abaixo um presente. Uma palestra rara de 1963 onde Hill aborda os princípios do PMA:

PMA: a mente como ferramenta para o sucesso 

Eu disse acima que a ferramenta necessária para começar a aplicar o PMA é grátis, todos nós a temos: a mente!

Nossa mente é a única coisa sobre a qual temos controle total. Exatamente por isso, ela pode se tornar o seu maior ativo e aliado ou seu maior passivo e inimigo.

Sim,  é uma escolha pessoal. Você pode decidir aproveitar o poder de sua mente para obter o sucesso que você deseja ou deixar que ela tenha poder sobre você, gerando caos, confusão, perdas.

O que você decide pensar está diretamente ligado a como você percebe e interage com as pessoas, oportunidades, obstáculos e o mundo ao seu redor. 

Leia também: Quer encontrar maneiras simples de tornar seu site mais visível nos resultados de pesquisa do Google? {2021}- Por Luís Perossi

Quando você assume o comando e controle sobre a sua mente, pode então dar os primeiros passos para adotar o PMA como um hábito. 

Primeiro, você mentaliza, depois, coloca em prática e depois disso, conquista. Ao investir no PMA, você pode ganhar em saúde mental e física, bem como elevar sua parte espiritual e consequentemente financeira. Você tem a chance de ganhar a  força mental necessária para alcançar uma vida equilibrada.

De fato,  ao ter uma disposição otimista em todas as situações da vida, você atrai mudanças positivas e aumenta as realizações. Ciência, filosofia, autoajuda? Rotule como quiser, contudo,  mantendo sua mente positiva (sempre que possível, é óbvio), você é capaz de encontrar maior alegria nas pequenas alegrias e vitórias. 

Há uma receita para alcançar o PMA? 

Mark Andersen, autor do livro Dance of Days, onde aborda a cena hardcore/punk de NY, respondeu em uma entrevista o seguinte:

“Como você definiria o movimento PMA: uma filosofia, um movimento ou um estilo de vida?”

PMA (Positive mental atitude) poderia ser qualquer uma ou todas as anteriores, dependendo de cada indivíduo. Na base, PMA é uma ideia muito simples: as pessoas têm um poder incrível se colocarmos nossas mentes a favor disso e se acreditarmos em nós mesmos e uns aos outros. Mais uma vez, foi uma ruptura radical com o “não futuro”, postura niilista associada ao punk pela mídia mainstream, e defendida por muitos punks também.

Fonte: Correio Brasiliense

Andersen também comentou sobre a essência PMA em entrevista ao blog  de Arthur Dantas: 

“Primeiro, você tem que lutar por aquilo em que você acredita e estar preparado para trabalhar duro, lutar, levar insultos, mesmo falhar algumas vezes, mas não desistir… Daí e só assim você descobre o que é possível. Essa idéia é PMA – atitude mental positiva [N.E: este slogan, como relata o livro, foi retirado pelo vocalista dos Bad Brains, HR, de uma obra de auto-ajuda] – e é a essência do punk assim como eu o entendo.”

Fonte: Blog de Arthur Dantas 

Considerando o PMA como algo pessoal, o que eu posso dizer é que não há receita pronta, mas algumas dicas:

  • Mantenha sua mente nas coisas que você quer,  em todas as áreas de sua vida;
  • Não permita que sua mente trabalhe contra você e seus objetivos;
  • Perceba oportunidades dentro de cada interação e circunstância;
  • Mantenha sua mente aberta às novas informações, ideias criativas e formas de inovar.

E então, curtiu a ideia de hoje? Quer conhecer mais sobre o assunto? Entre em contato, será um prazer! 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes