Quer encontrar maneiras simples de tornar seu site mais visível nos resultados de pesquisa do Google? {2021}- Por Luís Perossi

Conseguir um bom posicionamento nos resultados de pesquisa do Google pode parecer difícil, mas você pode tornar a vida muito mais fácil para você e seu site, seguindo alguns passos simples.

E o melhor de tudo: são recomendações do próprio Google. Então, se antes de mais nada, se você quer posicionar seu site, blog e e-commerce, em uma posição de destaque no gigante dos mecanismos de pesquisa, siga as dicas que lhe darei a seguir. 

Mecanismo de pesquisa Google: Registre seu site com o Google Search Console

O Google Search Console é um serviço gratuito do Google que permite enviar seu site e o mapa do site ao Google para indexação.

Não importa se você está usando Shopify , WordPress , Wix ou Squarespace , adicionar seu site a este serviço é o ponto de partida para um bom SEO.

Ao enviar seu sitemap para o Google Search Console, você está dizendo ao gigante das buscas que seu site existe, algo que – como você poderia esperar – é a chave para que apareça nos resultados de pesquisa.

No entanto, isso não é tudo que você pode fazer com o Search Console – você pode usar a ferramenta para fazer muitas outras coisas úteis, incluindo:

  • Verificar quem está criando um link para o seu site (em geral, quanto mais links de alta qualidade direcionam para o seu site, melhor será o desempenho nos resultados de pesquisa);
  • Identificar se o Google não está enfrentando erros de rastreamento em seu site;
  • Acessar quais os tipos de  pesquisa que estão direcionando tráfego para sua loja virtual, etc. 

As páginas de ajuda do Search Console são um ótimo ponto de partida para entender como a ferramenta pode ajudar a maximizar a visibilidade de seu site nos resultados de pesquisa.

Você também pode achar o vídeo ‘Introdução ao Google Search Console’ abaixo útil também: 

Como ter um bom posicionamento nos resultados de pesquisa do Google: Identifique as palavras-chave certas para usar (e adicione-as aos seus cabeçalhos, títulos de página, meta descrições e URLs)

É importante identificar as melhores palavras-chave  e frases que você deseja classificar nos resultados de pesquisa.

Mas, como identificar?  Para descobrir quais são as melhores palavras-chave para o seu site, você precisa realizar uma pesquisa de palavras-chave. Óbvio, né? 

Contudo, para tanto, isso implica em uma pesquisa que envolve no mínimo 3 informações importantes:

  • As palavras – chave que as pessoas usam para pesquisar produtos ou serviços como os seus;
  • O volume de pesquisas para cada um deles;
  • O nível de dificuldade para classificar cada palavra-chave. Em outras palavras: quantos sites ou páginas oficiais existentes já apresentam bom desempenho nos resultados de pesquisa para essas palavras-chave?

Quando você tem essas três informações, geralmente pode identificar a frase (ou frases) para otimizar seu conteúdo.

Tá Perossi, mas como que eu descubro isso? Eu te aconselho a utilizar algumas ferramentas que tem versões gratuitas e pagas, mas que te darão um belo norte a explorar. Lembrando que assim como na vida, tudo é teste. O que funciona para o meu negócio, pode ser a pior opção para o seu, portanto, TESTE SEMPRE.

Algumas opções que valem a pena:

  • Google Trends
  • Übersuggest
  • SEMrush
  • Keyword Tool
  • Google Keyword Planner
  • Answer The Públic (meu site favorito para ter ideias de conteúdo).

Como ter um bom posicionamento nos resultados de pesquisa do Google: adicione suas palavras-chave ao seu site

Depois de identificar as palavras-chave mais adequadas, você precisa se certificar de que elas são adicionadas aos lugares certos do seu site.

Você deve adicioná-los a:

  • Títulos de página – o texto exibido nos resultados da pesquisa como o título clicável para um determinado resultado;
  • Meta descrições – uma descrição da página que é apresentada nos resultados da pesquisa como o resumo principal do conteúdo;
  • Cabeçalhos – os cabeçalhos de ‘sinalização’ (H1, H2, H3 etc.) que orientam os leitores ao longo de um artigo
  • Seus URLs – o endereço da página, ou seja, www.seusite.com/nome da página.

O Google usa todos esses elementos de várias maneiras para indexar seu conteúdo e determinar se ele é relevante para pesquisas por suas palavras-chave preferidas.

Atenção com a meta-descrição 

Cabe aqui uma advertência sobre a meta descrição: o Google afirma que as meta descrições não são um fator de classificação . No entanto, ele monitora as taxas de cliques que as meta descrições geram nos resultados de pesquisa , com taxas de cliques (CTR) mais altas, indicando que uma página provavelmente responderá bem a uma consulta de pesquisa específica. 

As páginas com CTRs altas costumam ser recompensadas com colocações mais altas nos resultados da pesquisa – assim, as meta descrições podem acabar influenciando os procedimentos, afinal.

Evite spam enchendo todos os itens acima com muitas palavras-chave, pois isso pode prejudicar ativamente suas chances de aparecer no topo dos resultados de pesquisa. 

Quando se trata de URLs, o uso de URLs ‘limpos’ com uma estrutura simples é incentivado pelo Google.

URLs limpos são curtos, simples e inteligíveis: por exemplo, se você estava vendendo café em grãos,  seria ótimo você usar um URL com www.yourdomain.com/cafe-em-graos em vez de www.yourdomain.com/prd/p223/ ref1456_cafe_cr987-grao-jhshjshahmotherfucker.

Você encontrará mais informações do Google sobre estruturas de URL simples aqui , mas adiantando seu trabalho de leitura, saiba que os principais itens a serem lembrados ao criá-los são:

  • Sempre use URLs curtos que contenham suas palavras-chave de foco;
  • Divida seus URLs com pontuação quando necessário para tornar as palavras-chave mais óbvias para o Google e os usuários (ou seja, www.seusite.com/cafe-grao é melhor do que www.seusite.com/cafegrao ).
  • Use hífen e não os sublinhados: www.seusite.com/cafe-grao é melhor do que www.yoursite.com/cafe_grao).

Dica Bônus: Crie backlinks para seu site

Mesmo se você tiver títulos de página, meta descrições e URLs incrivelmente bem construídas, eles podem não trazer resultados expressivos sem ‘backlinks’ apontando para o seu site também.

Backlinks são essencialmente links de outros sites para o seu site e, de uma forma muito simples, o Google os conta como ‘votos’ para o seu conteúdo.

Existem duas maneiras principais de gerar backlinks: 

  • Por meio de divulgação , entrando em contato com outros proprietários de sites / blogs, solicitando que eles apresentem links para o seu conteúdo;
  • Produzindo conteúdo de alta qualidade, extremamente relevante para o seu nicho de negócio. Assim, você vira referência e as pessoas naturalmente irão mencionar seu trabalho, criando links que direcionam ao seu site.

Há um caminho curto e que via de regra, te fode. É o de “empresas” pouco idôneas que  prometem criar milhares de backlinks. Porém, são links que costumam ser de baixa qualidade.

O resultado disso não é difícil de imaginar: o Google pode e irá penalizar seu site se achar que há atividade de spam acontecendo a esse respeito.

Vale dizer que há uma hierarquia. Os  links de sites de alta qualidade contam mais do que os de baixa qualidade – ou seja, se você receber um link da Palestras de Sucesso  para o seu site, terá mais impacto na classificação do seu site do que um de um blog desconhecido.

Espero que tenham gostado do conteúdo. Como vocês viram, ele foi baseado em muitas informações de SEO que o próprio Google disponibiliza, e claro, nos meus testes, tentativas, erros e acertos.

Tem alguma dúvida sobre SEO ou como tornar seu site mais visível? Sinta-se à vontade para compartilhar o que te aflige nos comentários. Até a próxima.

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes