Persuasão Interna: Você não precisa ficar mal pelo comportamento do outro- Por Fernando Felix

Persuasão interna, como eu sempre digo, é  a habilidade de convencer a própria mente. Percebe o poder que tu tens nas mãos, quando desperta para essa capacidade de se autoconvencer, positivamente falando? 

Hoje, quero falar sobre um exemplo muito simples e prático de como usar da persuasão interna para se fortalecer. É aquele clássico caso de quando você se sente mal, chateado e algumas vezes, até mesmo desesperançoso, devido o comportamento do outro.

Saiba de uma coisa: você não precisa ficar mal pelo que o outro fez ou faz, te explico melhor a seguir e desde já saiba que falo desses e demais temas nas concorridas palestras de Fernando Felix, portanto, não perca a oportunidade se ela surgir, ok? 

Vamos em frente, vem comigo.in

Como lidar com o popular “O fulano fez algo que não gostei”

Quantas vezes você já não disse a seguinte frase: “ O fulano fez algo que eu não gostei!”.

Certo. Agora, me conta, de verdade: o que ele vez atingiu sua vida, foi algo que realmente lhe prejudicou? 

Usando da sinceridade, na maior parte das vezes a resposta para tal pergunta é “não”. 

Se não te prejudicou de forma real, posso te dizer uma coisa? Deixe o fulano pra lá – simples assim. 

“Mas, como assim? Não é tão fácil e simples não, Felix!”.

Tem uma frase de Alfred Korzybski,  engenheiro, cientista, matemático e filósofo conhecido por desenvolver a teoria da semântica geral, que diz assim:

“O mapa não é o território”. 

Esse pensamento nos dá a ideia que a realidade é filtrada pelas nossas experiências e vieses. O teu mapa de realidade é composto tanto pela sua infância, escola e pais, quanto pelos seus colegas, pelo trabalho.

Coloque uma coisa na sua mente: o teu mapa de realidade é único e o que te incomoda no outro, não é seu, é dele, do outro. 

Persuasão interna: o fulano é uma pessoa próxima, e agora? 

Eu  sei, a questão é que algumas vezes, a pessoa que te fez algo é bem chegada de ti, o que torna um pouco mais difícil não se abater, não é verdade?

Aí, é o momento de você procurar explicar a situação, dialogar e até abri a possibilidade dela também falar sobre os seus comportamentos.

Ou você se acha o bonitão que não incomoda ninguém? É importante que tu nutras uma postura adulta, pautada no diálogo. Contudo, me refiro ao diálogo nestes casos. Afinal, quando se trata de um desconhecido, o melhor é somente ignorar. 

Como eu disse no post do Instagram onde falo sobre isso: 

“Você não conhece a realidade dele, não faz ideias dos motivos para agir assim. Entenda, não concorde. Percebe a diferença? A partir de agora, quando um comportamento externo for incomodar, pense: “É a realidade dele, que não conheço.”

Jamais permita colocar o teu controle emocional na mão do outro, beleza? Faz sentido pra ti? 

Certamente também fará para outras pessoas, portanto, compartilhe agora este post com aquelas pessoas que você quer dividir essas novas percepções e insights sobre a arte da persuasão interna.  Nos falamos mais na próxima oportunidade, até lá! 

Precisa de ajuda com a persuasão? Conte comigo, estou aqui para lhe ajudar no que for necessário. Até meu próximo post, treinamento ou palestra

As palestras de Fernando Felix podem torná-lo mais influente do que imagina

Referência em soluções de alta performance, as palestras de Fernando Felix são, sobretudo, a chave para a sua mudança pessoal e profissional. Com ferramentas de hipnose e neolinguística, Felix é o mentor, consultor e trainee que entrega resultados práticos e não apenas teoria. Integrando décadas de conhecimento e atuação em vendas e liderança de equipes comerciais, Fernando Felix já capacitou milhares de profissionais. Seja você também um criador de persuasão.

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes