Precisamos falar sobre saúde mental no mundo corporativo – Por Beto Bom Dia

Um tema cada vez mais em alta é a saúde mental no mundo corporativo. A recente crise ocasionada pela pandemia, todos os medos por ela gerados, a mudança de modelos de trabalho para o home office e a cobrança pela produtividade, somando a isso questões como o isolamento social, certamente “puxaram o elástico” de tal maneira, que para muitos profissionais, este “elástico estourou”.

No artigo de hoje, nosso esplêndido palestrante Beto Bom Dia fala sobre o tema e sugere algumas estratégias para que a empresa cuide do capital humano do negócio, acompanhe.

Saúde mental no mundo corporativo: é preciso investir na capacitação constante dos funcionários

Sua empresa está ciente sobre a importância de ter cuidado em relação ao capital humano do negócio? Acredite: esse fator faz a diferença, quando falamos sobre a saúde mental no mundo corporativo.

Gestores e líderes me procuraram muito no ápice da pandemia, e sobretudo atualmente, buscando ajuda no sentido de encontrarem estratégias para trabalhar a questão da saúde mental. Minha resposta? a capacitação constante dos colaboradores e funcionários. 

A perda de referência causada pela pandemia

Conforme mencionei acima, passamos por um período de grande tribulação que foi a pandemia. Grande parte das equipes, e das pessoas de modo geral, foram tomadas por pensamentos e sentimentos de incerteza, angústia, medo e ansiedade.

Não apenas a equipe comercial se viu bombardeada de tais problemáticas, mas também os líderes, o que acarretou na perda de referência. 

“Se a mente está travada ou negativa, os resultados também serão negativos ou não acontecerão. “ – Beto Bom Dia 

Complicado, não é mesmo? Percebe o impacto que a saúde mental abalada pode ocasionar? 

 “Se eu tivesse oito horas para derrubar uma árvore, passaria seis afiando meu machado”

A frase acima, de Abraham Lincoln, ilustra bem quando eu digo que para cuidar dos seus funcionários, inclusive em relação à saúde mental, é preciso capacitá-los.

Afinal, quanto mais capacitar, mais produzo, com menos esforço. Mas, não só isso: 

“É necessário fazer a mudança de mindset para que os resultados mudem. Essa mudança ocorre com a troca de informações mentais, invertendo negativo para positivo, através de treinamentos, palestras e cursos.” 

Entende a relação? 

Conforme comentei em minha entrevista para o site Palestras de Sucesso:

“A empresa visionária sabe que uma pessoa automotivada produz mais e melhor, então, gestores que se importam com saúde mental dos seus colaboradores investem em capacitação motivacional constantemente e como resultado, a produção melhora, as perdas diminuem e os lucros aumentam.”

Que tal “afiarmos os machados”, juntos? Conte comigo! 

Quero uma palestra do Beto Bom Dia para motivar minha equipe AGORA!

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes