O que são as Ordenações do Amor de Bert Hellinger?- Por Aline Dalcin

Você conhece as Ordenações do Amor, de Bert Hellinger? Acredite, se você não conhece, o conteúdo de hoje, de hoje irá impactar de forma surpreendente a sua vida! Afinal, ele é feito por uma das maiores autoridades no assunto, Aline Dalcin, nossa palestrante que além de uma profissional de renome e de destaque, que já arrancou elogios rasgados de grandes nomes do mercado, como Geraldo Rufino, Fernando Scherer, Cristiano Zanetta – O Batman do Brasil, dentre outros.

Impacte sua vida, seus negócios e suas relações com este conteúdo ímpar que você acessa em nosso blog! O link está no stories!

Como fazer para o amor fluir? Conheça as Ordenações do Amor, de Bert Hellinger

A fluidez do amor é força mais poderosa da vida. Como consteladora familiar eu aprendi com Bert Hellinger que quando seguimos aquilo que ele chama de Ordenações do Amor, a vida ganha mais leveza. Somos direcionados ao fluxo do amor.

O primeiro tópico a nos atentarmos é o pertencimento.

Não devemos excluir, conforme nos ensina as Ordenações do Amor, as pessoas que são parte da família, devido ao comportamento de cada um. Aquela história de, “Ah, minha avó era assim”, ou “Meu tio bebia”, etc. Sabe? 

Na verdade, o que devemos fazer é de certa maneira, “abraçar” todas essas pessoas, e independentemente de qualquer coisa, adotar uma postura inclusão.

Perceba que existe uma hierarquia. Ou seja, quem veio antes, tem precedência.

Sendo assim, para que haja a fluidez de amor em nossa família, devemos ter consciência da posição que ocupamos.

O filho deve se portar como tal e saber que seu pai e sua mãe vieram antes, portanto, como filho, jamais devemos nos colocar acima dos pais, caso contrário, não teremos a fluidez de amor deles para conosco, compreende? 

Em síntese, temos 3 leis: 

  • Pertencimento 

Todos são parte de um sistema, e sendo assim, jamais devem ser excluídos. Com a exclusão, o próprio sistema insere quem foi excluído. Essa inclusão surge muitas vezes, por meio de dificuldades enfrentadas por alguns ou todos os membros da família/sistema. E isso se resolve apenas com o reconhecimento e inclusão profunda do membro excluído.

  •  Hierarquia ou Ordem

Todos tem seu lugar dentro do sistema. Contudo, é preciso seguir a hierarquia, levando em conta que quem veio antes, tem precedência em relação aqueles que vieram posteriormente. Quando não se observa esse fato, há diversos problemas no sistema, atingindo todos, afinal, ele atua com o intuito de restaurar o lugar de cada um.

Trazendo essa realidade para o mundo corporativo, gostaria de citar um trecho publicado no portal jus.com.br, que ilustra bem o que quebrar essa ordem traz pra uma empresa:

“Quando um filho age como pai do pai, e a inversão de papéis vai causar fragilidade nesse pai, ou quando um irmão mais novo age como irmão mais velho, ou como pai dos demais. Na empresa em que a pessoa trabalha por exemplo, não honrar e não ter gratidão aos que vieram primeiro, os fundadores da empresa por exemplo, ou querer se colocar em posição superior ao chefe. Tudo isso causa enfraquecimento e desordem, que por consequência acabam impedindo o fluxo do propósito de vida das pessoas, das empresas.”

Fonte: LINK

Lei que trata da troca equivalente entre as pessoas. Em qualquer tipo de relação, quando uma das partes só dá e a outra só recebe, temos o desequilíbrio. Por sua vez, ele precisa ser restaurado.Caso contrário, uma das partes sente um “peso”, o que é prejudicial à relação.

Entenda que isso é apenas uma introdução ao tema. Caso queira se aprofundar, me procure que terei o maior prazer em lhe atender. Abaixo, deixo um vídeo onde falo sobre as Ordenações do Amor, de Bert Hellinger. Gratidão por me acompanhar até aqui. Nos vemos em minhas palestras e no próximo post nos falamos mais. Até lá! 

 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes