Como aceitar o outro e discordar sem criar maiores conflitos?- Por Caçadores de Bons Exemplos

Discordar sem criar maiores conflitos é possível? Em tempos onde percebemos muitas vezes, os ânimos exaltados por uma simples discordância de opiniões, é fundamental que se possa trabalhar a aceitação do próximo, da mesma maneira que você gostaria de ser aceito em suas diferenças, não concorda? 

O casal de palestrantes mais inspirador do Brasil e do mundo, que sempre nos mostra um viés positivo das coisas, Caçadores de Bons Exemplos, oferecem no artigo de hoje, algumas dicas incríveis para tornar a aceitação das diferenças algo mais suave e descomplicado. 

Acompanhe a seguir e veja que é possível colocar em prática e assim, fazer com que os relacionamentos humanos não se pautem em agressividade, mas, ao contrário, enxergar que dentro de nossas discordâncias e diferenças, podemos encontrar aquilo que nos une. 

Não aceitar as diferenças é uma das maiores razões de conflitos nas relações humanas

De acordo com o  psicólogo Leonardo Lucheta:

 “A dificuldade em aceitar verdadeiramente as diferenças pode ser considerada um dos maiores causadores de conflito nas relações humanas. A não aceitação do outro e, consequentemente, a não aceitação da opinião do outro, ou da forma como ele percebe o mundo pode desfazer amizades, criar inimizades e principalmente criar grandes conflitos, dependendo do quanto diferente são essas opiniões.”

E então, o que você pensa a respeito das diferenças? Estávamos refletindo sobre o tema dia desses, e claro, viemos aqui no blog da nossa querida Agência Palestras de Sucesso, conversar com você aí do outro lado, que sempre nos acompanha.

Afinal, acreditamos que você aí do outro lado também quer ter uma boa relação com os demais, independentemente de suas visões de mundo e opiniões, não é verdade? Aliás, esse tema é extremamente relevante no âmbito corporativo. Haja vista que equipes são formadas de forma heterogênea, onde cada indivíduo tem sua realidade, suas percepções, experiências e crenças, e na maior parte das vezes, todas diferentes umas das outras, certo?

Devemos, antes de mais nada, partir sempre deste princípio: não aceitar as diferenças é um dos grandes motivadores dos conflitos humanos, portanto, vamos fazer nossa parte e deixar um bom exemplo? 

Discordar sem criar maiores conflitos: o outro não precisa ter a mesma opinião que a sua, e está tudo bem!

Não tente impor a sua opinião. O outro tem todo o direito de pensar diferente de você, e vice-versa.

A pior coisa que você pode fazer é tentar obrigar que o outro aceite aquilo o que você pensa e acredita. 

Portanto, veja as coisas como elas realmente são, ou seja: a opinião do outro é apenas e tão somente, uma opinião diferente da sua.

Tá tudo bem em discordar, certo?

Muitas pessoas ainda nutrem aquela ideia de que discordar é sinônimo para se chatear, discutir de maneira exacerbada, algo neste sentido. Quando, na realidade, discordar é somente não concordar com o ponto de vista do próximo. Você não aceita, mas você deve respeitar. 

“Mas a opinião dele é absurda!”. Pois é, mas, já parou para pensar que a sua opinião também pode soar como algo absurdo para o outro? 

Bom senso é a chave para evitar maiores conflitos, tá bom?

Gravamos um podcast curtinho trazendo mais dicas sobre como aceitar o outro e discordar sem criar maiores conflitos, que você confere logo abaixo. Nos falamos no próximo post e em nossa próxima palestra, combinado? Até lá! 

As palestras dos Caçadores de Bons Exemplos são pura inspiração, emoção e positividade para seu evento, empresa e equipe!

O casal Caçadores de Bons Exemplos ostenta a marca de já ter Impactado  mais de 300.000 pessoas em palestras únicas e diferenciadas, e segue colecionando histórias que emocionam e motivam, sempre com uma mensagem positiva de amor e de bondade.

Afinal, “ Podemos mudar o mundo se divulgarmos as boas ações que existem, falando sobre os problemas e principalmente indo em busca das soluções”.

Clique aqui e acesse o perfil deste casal maravilhoso e inspirador.

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes