3 coisas que você pode fazer para minimizar os impactos do envelhecimento – Por Igor Duarte

Não dá para impedir os impactos do envelhecimento. Ele é um processo gradual e natural que acontece com o avançar da idade. Por outro lado, é possível minimizá-los.

E como fazer isso? Através de alguns hábitos simples e poderosos você pode ter um bom cérebro aos 100 anos, e acredite, você vai viver mais que isso. Neste artigo, o Dr. Igor Duarte irá te dar algumas dicas para manter seu cérebro jovem, mesmo com o avançar da idade. Vamos lá?

Quais ações preventivas que a empresa pode adotar para evitar problemas de saúde mental em seus funcionários?- Por Igor Duarte

Impactos do envelhecimento: conheça as causas

As causas do envelhecimento podem ser diversas. Mas existem dois grandes vilões: as drogas e o sedentarismo. O uso das drogas pode não só contribuir para o envelhecimento como também acelerar esse processo, como foi comprovado pela ciência, através de uma equipe de cientistas cujo artigo foi publicado no Molecular Psychiatry, que utilizou a cocaína como foco da pesquisa.

Outro estudo feito no Canadá, conduzido pelo Laboratório Neofit, comprovou que aqueles idosos que abandonaram o sedentarismo e praticaram exercícios físicos de alta intensidade obtiveram muitos benefícios, como a melhora da memória.

3 coisas que você pode fazer para minimizar os impactos do envelhecimento

Para minimizar os impactos do envelhecimento, há algumas atitudes e hábitos que você pode implementar em sua vida. Veja a seguir.

Durma bem

Ter uma boa noite de sono, ou seja, não abrir mão de 8 horas de sono de qualidade, faz toda a diferença no seu dia e na saúde do seu cérebro. É durante o sono que ocorre a liberação de hormônios e também a faxina do cérebro. As toxinas são eliminadas nesse período.

Pratique exercícios físicos de alta intensidade

Praticar exercícios físicos de alta intensidade minimiza a perda diária de neurônios. Inclusive, estima-se que o cérebro perca de 2 mil a 9 mil neurônios nesse período. Vale ressaltar que, para ter o efeito esperado, o exercício deve lhe dar prazer.

Nunca pare de aprender

O cérebro deve ser constantemente estimulado para que não perca seu desempenho cognitivo. Por isso, aprender um novo hobby, um instrumento, um idioma ou algo que você sempre quis, auxilia o cérebro a criar novas sinapses e se manter ativo.

Estas são algumas iniciativas que julgo essenciais, mas não são as únicas. Quais outras ações você indicaria? Deixe nos comentários! Nos falamos mais no próximo post, até lá!

As palestras do Dr. Igor Duarte trazem maior bem-estar aos seus colaboradores 

Fisioterapeuta de formação, o palestrante de sucesso, Dr. Igor Duarte, se destaca no mercado por dedicar sua carreira ao ensino e à pesquisa. Especialista em Neurociências e Geriatria, é mestre em imagens médicas, fato que o torna habilitado em ensinar métodos de diagnóstico e doenças para os cursos da saúde nos níveis de graduação e pós-graduação.

Quero uma palestra do Igor Duarte agora! 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes