Seu cliente é apaixonado pelo seu negócio?

Um dos principais fatores motivadores para que um cliente seja propagador de sua empresa e/ou negócio, é a paixão.

Você saberia dizer se o seu cliente é apaixonado pelo seu negócio? Será que, na verdade não é você mesmo, um apaixonado pelo seu empreendimento?

A grande sacada que precisa ser compreendida é que o empresário/empreendedor deve executar o papel de amar o próprio negócio, e a partir daí fazer com que seus clientes se apaixonem por ele.

Quem Precisa SER APAIXONADO Pelo Seu Negócio é Seu CLIENTE E NÃO VOCÊ!

Esta frase acima causou polêmica na rede social Facebook, mais precisamente em uma postagem do palestrante especialista em vendas, Thiago Concer.

Afinal, ela vai na contramão do que boa parte dos especialistas em vendas, defendem.

Paixão e amor são dois sentimentos intensos e fortes, e estão via de regra, relacionados. De acordo com a psicologia, a paixão é definida como o fenômeno da projeção.

É quando alguém projeta tudo aquilo o que ela idealiza, em outra pessoa. Em outras palavras, nos atraímos por aquilo que acreditamos que seja real, mas que não reflete exatamente, o que aquela pessoa é.

E o que nos atrai nas outras pessoas, em geral? Com certeza, as questões físicas costumam chamar a atenção em um primeiro momento, não é mesmo?

Os olhos, o sorriso apaixonante, o rosto, a pele, o corpo, etc.

Pro outro lado, o amor já se define pelo conhecimento pleno, valores e princípios, experiência. É aquele gostar, apesar dos defeitos.

Diferença entre amor x paixão

A paixão é irracional, avassaladora. Não há defeitos nem ponderação quanto estamos apaixonados. Ela é imediatista, não aceita críticas. Mas ela não se mantém, afinal, não somos perfeitos.

No mundo dos negócios, muitos donos de empresas começam a empreender completamente apaixonados pelas suas ideias. No entanto, o papel do empreendedor é perpetuar sua empresa, gerar empregos, receita, lucros, crescendo e se expandindo.

E isso só é possível quando ele passa da fase da paixão, e passa a aceitar críticas, novas ideias, a ser racional.

Veja no link abaixo, o link do vídeo do palestrante Thiago Concer, onde ele explica mais a fundo esta questão:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes