Palestras de Sucesso entrevista Olimar Tesser – profundo conhecedor da Hipnose e Neurociência

Ele atua há quase 15 anos no segmento de palestras e sabe trabalhar de forma efetiva, como nunca antes visto, temas que vão desde gestão de pessoas e trabalho em equipe, até vendas , motivação e técnicas de negociação.

Olimar Tesser é o que podemos chamar de um verdadeiro mestre na arte de quebrar crenças limitantes e que ainda por cima  domina de forma magistral, todo o potencial de um orador de sucesso.

Novo integrante do time Palestras de Sucesso, Olimar gentilmente bateu um papo com a gente para falar um pouco mais sobre este incrível trabalho desenvolvido no decorrer dos anos, confira! 

1- Obrigado Olimar por atender nossa equipe. Desde já, é uma honra, afinal, somos admiradores do seu trabalho. De início, diga uma coisa: como a Hipnose e a Neurociência podem contribuir para solucionar cenários de crise, tanto em nível pessoal quanto profissional? 

Olimar Tesser: Gratidão pelas perguntas. Se entendermos que todas as vezes que alteramos nossas ondas cerebrais, pra cima e pra baixo, quando a gente fica excitado, bravo, ansioso, com medo e quando a gente também fica paralisado, quando a gente faz uma oração, meditação, um relaxamento, a gente entra num processo de hipnose. 

Então, nossos traumas são adquiridos por insistência, né, ou uma forte emoção que gera nosso trauma. 

Através da Neurociência e da Hipnose, podemos produzir no indivíduo, um estado de relaxamento e de consciência, para tirar esse trauma e colocar novas perspectivas ou novas crenças possibilitadoras. 

2- Uma de suas palestras, com foco em vendas, tem despertado a curiosidade das pessoas, inclusive a nossa. Se trata do tema “Venda melhor sua moeda”. Você pode explicar pros nossos leitores como que é essa história da venda da moeda? 

Olimar Tesser: Claro! A venda da moeda.  Eu mostro nas palestras o que a gente vende, porque a moeda de um real todo mundo tem, mas o que faz as pessoas darem 10, 20 ,50, 70 mil reais, 100 mil reais numa moeda de 1 real?

 Na palestra,  a gente mostra o que a gente vende, que na realidade são valores agregados. 

Por exemplo, as pessoas vão procurar confiança, segurança, tranquilidade. Quando vendemos algo, esses valores são incluídos, mas muito mais ‘mascarados’.

Então, quando a gente compra uma camisa de marca e não compra uma camisa de marca menor, sendo que é o mesmo tecido, difere apenas um pouquinho na costura, na qualidade, o que a pessoa procura? Na hora que ela tem um problema, ela vai ser atendida por um SAC, ela vai ter seus valores preenchidos exatamente no que ela busca, que é segurança, confiança, sobre aquele produto. E é isso o que mostro na venda da moeda: como que é possível fazer isso? Com nós mesmos, com nossa autoimagem, e como a gente pode vender melhor nossas ideias e influenciar outras pessoas para que elas comprem exatamente aquilo o que estamos vendendo.  

3- Sendo você uma referência no segmento de palestras, como você sentiu os impactos da Covid-19 no mercado? 

Olimar Tesser:  O impacto da Covid-19, não só no mercado de palestras, mas em todos os mercados, assustou muito as pessoas. Muito medo foi despertado e o que eu percebi é que referente ao segmento de palestras, aumentaram as palestras online. Algumas empresas, aliás, com as quais já fechei diversos trabalhos presenciais, se mostraram até mais satisfeitas. Por exemplo, para fazer uma convenção com 500 pessoas, investia-se um grande dinheiro, para trazer essas pessoas para um único lugar, num resort, às vezes era muito mais cara toda esta logística, né? 

Hoje com a tecnologia, você consegue atingir em massa estas pessoas. O que ficou um pouco diferente é que palestras que antes eram muito interativas, perdeu um pouco a qualidade porque você não tem como subir a pessoa no palco, fazer uma demonstração, fazer uma brincadeira, coisas que no virtual fica prejudicado por causa disso. 

4- Para você, o equilíbrio emocional é a chave para uma vida bem-sucedida?

Olimar Tesser: Sem dúvida, a pessoa que não tem equilíbrio emocional, ela não vai ser bem-sucedida.

Em muitas empresas hoje em dia, nem se trabalha mais o termo inteligência emocional. Já estão trabalhando com inteligência espiritual.

E quando a gente fala de espiritualidade, não tem nada com religião, mas sim com algo capaz de mostrar para as pessoas que elas precisam estar conectadas, ‘bebendo água da fonte’, para ter o equilíbrio emocional, espiritual, para poder gerenciar melhor suas emoções e ajudar outras pessoas a também serem bem-sucedidas. 

5- Conta pra gente quais as melhores lembranças que você tem, de suas apresentações em programas como CQC, Super-POP, Globo Esporte, entre outros.  

Olimar Tesser: As melhores lembranças que eu tenho do CQC é que foi feito na rua, e a gente tinha que sair pra hipnotizar pessoas na rua, sem ter ideia do que ia acontecer. No improviso, e pudemos mostrar como é possível influenciar outras pessoas rapidamente.

Na reportagem, se você perceber, em menos de 30 segundos a pessoa já estava me dando carteira, me dando óculos, obedecendo alguma sugestão, que ela nem sabia que tava acontecendo.

Do Super-POP, eu já fui mais de uma vez lá. Sempre fui para participar de debates de temas muito conflitantes, como se as religiões têm influência de hipnose, se o que as pessoas estão apresentando às vezes, é charlatanismo, e aí eu mostro através da neurociência que a hipnose está em todos os momentos, desde quando você faz uma venda, quando você está apaixonado, e de quando você faz alguma atividade dentro da televisão.

No Globo Esporte, como eu fui jogador profissional de futebol, eu sou uma referência em treinamentos para esportistas, para atletas de alto impacto, e para times de futebol. Então, eu trago toda minha experiência do futebol, para o corporativismo, mostrando que treino duro é jogo fácil, quanto mais a gente treina melhor a gente fica. 

6- Além da falta de engajamento dos colaboradores, qual o fator que mais motiva empresas a contratarem suas palestras? 

Olimar Tesser:  (a falta de engajamento) É a maior procura das empresas. E o outro fator mais importante é a crença, ou seja, no que o nosso colaborador acredita.

Então, imagina você uma empresa que vai lançar um produto, e que os vendedores já estão lá 20, 30 anos, e dizem “ah, isso já esteve aqui, já experimentaram, não deu certo”. Isso é uma crença “instalada” dentro dos vendedores, dentro da equipe de vendas, muitas vezes até da diretoria que está lançando o produto.

Então a gente é contratado para quebrar essa crença, mostrar que o que pensamos pode ser mudado em segundos, e quando a gente muda um pensamento a gente muda o sentimento e o comportamento.

Com isso, podemos gerenciar melhor nossas vendas e aprender cada vez mais. 

7- Muito obrigado pela atenção, o espaço é seu para deixar alguma mensagem ou acrescentar algo. 

Olimar Tesser: Quero dizer que eu estou muito feliz por iniciar nossa parceria, já é um desejo antigo meu de trabalhar com vocês, acredito que vocês são realmente uma empresa de sucesso e agora com nossa parceria vamos brilhar muito e ajudar muitas pessoas. Eu não tenho dúvida que a missão da Palestras de Sucesso coincide com a minha, que é transformar o mundo em um mundo melhor.

Eu sempre falo, treino duro, jogo fácil, tá? Bora treinar pra gente ficar cada vez melhor? E gratidão pela confiança que vocês estão depositando em minha profissão, na minha empresa, nas minhas palestras, nos meus treinamentos. 

 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes