Os prejuízos dos comportamentos limitantes – por Alexandra Fabri

Quantos sonhos são deixados de lado por conta de medo e insegurança? Quantos projetos ficam apenas no papel devido a procrastinação? E aqueles inúmeros clientes que as empresas perdem por comportamentos limitantes de seus colaboradores?

 Infelizmente, as perdas não param por aí. Elas se estendem em negócios ou relacionamentos desfeitos porque os envolvidos não conseguiram agir da forma mais congruente e sensata. Elas são computadas nos talentos perdidos nas empresas devido as atitudes de seus líderes.

E, assim, incontáveis prejuízos se espalham nos âmbitos pessoal e profissional de nossas vidas por conta de comportamentos que limitam o nosso poder de ação.

Comportamentos limitantes e pessoas bem-sucedidas

Ao contrário do que muitos acreditam, pessoas bem-sucedidas nos vários papéis que compõem sua jornada não possuem características heroicas. São apenas seres humanos que aproveitam o seu potencial e procuram administrar e/ou eliminar suas fraquezas da melhor forma porque entendem que não precisam ser perfeitos. É necessário apenas ter a consciência de quem realmente são e buscar constantemente o caminho da evolução e motivação.

O motivo pelo qual o sucesso não é algo que vemos com tanta frequência em uma grande parcela das pessoas é que poucos têm coragem de olhar para dentro de si e encarar definitivamente o complexo ´pacote´ que somos e que engloba nossa luz e nossa escuridão.

Isso não ocorre diferente nas empresas. Quando se trata de trabalhar comportamentos, nem sempre isso é visto como algo que pode definitivamente mudar seus resultados.

E, por vezes, preferimos delegar ao outro a responsabilidade dos nossos fracassos, seja afirmando que a concorrência ou o governo acabaram com os negócios, que não fomos valorizados pelo nosso parceiro ou parceira, que o colega de trabalho nos sacaneou ou que a nossa liderança não nos deu oportunidades e por aí vai…

 A grande questão é que, enquanto continuarmos distribuindo responsabilidades a pessoas e fatores externos aos quais não temos controle, permaneceremos nas mesmices dos resultados comuns e, por vezes, insatisfatórios. Porém, se tivermos coragem e disposição para uma busca contínua e incessante em sermos o melhor que pudermos, iremos nos surpreender com o extraordinário que a vida nos presenteará.

Quer conhecer mais sobre Alexandra Fabri e levar essa palestrante fenomenal para o seu evento, com temas sobre liderança, transformação, metas, trabalho em equipe e muito mais? Clique aqui!

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes