Como desenvolver o mindset do intraempreendedorismo? – Por Daniela Menezes

Recentemente, um artigo da revista Forbes,  intitulado “Beyond Employee Engagement”,  mostrou fortes argumentos que indicam que o indivíduo que desenvolve o mindset do intraempreendedorismo equivale a cem funcionários “engajados”.

Isso despertou  a atenção de diversos profissionais e empresas sobre o tema. Você sabia que nossa palestrante de sucesso, Daniela Menezes, tem palestras que podem contribuir com essa habilidade na sua equipe? Ela fala sobre o poderoso mindset do intraempreendedorismo, a seguir, acompanhe.

Mindset do intraempreendedorismo: uma habilidade cada vez mais necessária no mercado

Similar ao mindset empreendedor, o intraempreendedorismo se caracteriza pela habilidade do profissional sempre buscar ideias inovadoras e assertivas capazes de trazer a solução. O que difere, no entanto, é que o chamado intraempreendedor adota essa postura dentro das próprias empresas em que trabalham.

Com isso, quem investe nessa skill é visto com bons olhos no mercado e costuma conquistar ótimos resultados para sua carreira.

Boas ideias, capacidade de estabelecer projetos a partir das ideias e executar: esse é o perfil de mindset intraempreendedor mais valorizado no cenário corporativo. Contudo, como desenvolvê-lo? 

Desenvolvendo o mindset do intraempreendedorismo 

Sabemos que a mentalidade intraempreendedora compreende o estado interior, as crenças, a atitude e os processos de pensamento, e define os resultados. Ensinar a equipe da empresa a  se tornar  intraempreendedora de forma consciente, é uma ótima forma de  preparar a organização para o futuro.

Algumas sugestões para desenvolver essa mentalidade e fomentar o intraempreendedorismo na empresa são:

  • Estimular o sentimento de dono do negócio

É interessante que a empresa engaje os colaboradores no sentido de todos eles se sentirem importantes, como “donos” do negócio também. Isso vai muito além do que participação nos lucros, por exemplo. É necessário que a liderança haja com o máximo de transparência e traga os funcionários a participar de decisões, ouvindo o que eles pensam. Com isso, o sentimento de pertencimento é estimulado e não deixa de existir. 

  • Liberdade e autonomia 

A relação entre liderança e equipe deve prezar sobretudo pela confiança mútua. Um clima de confiança comunica ao time a receber a mensagem de que cada membro está no comando de seu tempo, o que é crucial para ele se sentir livre e responsável pela entrega de suas respectivas demandas.

  • Objetivos e metas reais 

Trabalhe com metas e objetivos alinhados à realidade. Um erro comum é estipular metas intangíveis, o que simplesmente mata o conceito de autonomia e sentimento de pertencimento.

  • Motive e recompense 

Estimular o intraempreendedorismo na empresa implica também na necessidade de  reconhecer o empenho e esforço dos colaboradores, sempre motivando-os. Assim, sempre considere as sugestões dos colaboradores, trabalhe feedbacks assertivos, dê voz e ouvidos a eles. Elogie em público, crie programas de incentivo financeiro, dentre outros que tragam reconhecimento aos funcionários. 

Quer uma palestra que trabalhe o mindset do intraempreendedorismo? Então conheça as palestras de Daniela Menezes! 

 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes