Ponto de equilíbrio entre a vida profissional e pessoal: é possível? – Por Marco Pimenta

Nunca se falou tanto sobre a busca de equilíbrio entre a vida profissional e pessoal, já reparou? Porém, será mesmo que se trata de algo possível? Ou é uma utopia?

O que é preciso para encontrar esse ponto, esse elo de ligação entre trabalho, negócios, família? Marco Pimenta, o palestrante que desponta como um dos grandes nomes da atualidade, nos conta, a seguir.

Equilíbrio entre a vida profissional e pessoal: como encontrar?

Um fato corriqueiro no âmbito corporativo é o relato de pessoas que se sentem, muitas vezes, sobrecarregadas no trabalho. Com isso, não encontram tempo de qualidade para aproveitar momentos com a família, amigos, e consigo mesmas.

Isso ocorre tanto com gestores, líderes e empreendedores, quanto com colaboradores em geral.

Sendo assim, o grande questionamento que nos surge é: será mesmo possível, encontrar um ponto de equilíbrio entre a vida profissional e pessoal?

A resposta é: sim, isso é possível!

Em minha experiência no mundo corporativo, convivi e convivo em ambientes empresariais onde percebo que esse ponto de equilíbrio é algo totalmente possível.

Há diversas empresas mundo afora, que demonstram essa possibilidade. Via de regra, são lugares onde os empregadores estão comprometidos em fornecer ambientes que suportem o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal para seus funcionários.

Afinal, como homens de negócios e de visão, eles sabem que  isso pode economizar custos, sofrer menos casos de ausência de funcionários e desfrutar de uma força de trabalho mais leal e produtiva.

Conforme comentei na minha entrevista para o site: 

“Para mim, equilíbrio entre vida profissional e pessoal é menos sobre dividir as horas de seu dia igualmente entre trabalho e casa, e em vez disso, é sobre ter a flexibilidade de fazer as coisas em sua vida profissional enquanto ainda tem tempo e energia para desfrutar de sua vida pessoal.”

Como tornar esse equilíbrio entre a vida profissional e pessoal, algo real? 

Para criar esse ambiente, creio que há alguns pontos indispensáveis. Vamos a eles? 

  • Primeiro e mais importante: Encontre um trabalho que você ame! Isso será responsável pela maior parte dessa equação de equilíbrio;
  • Você não precisa amar todos aspectos do seu trabalho, mas precisa ser emocionante o suficiente para que você tenha razões para sair da cama todas as manhãs;
  • Aceite que não existe um equilíbrio “perfeito” entre vida profissional e pessoal. O que mais ouço das pessoas quando pergunto o que elas entendem por “equilíbrio entre a vida profissional e pessoal”, é que imaginam um dia extremamente produtivo de trabalho e sair no horário para passar as outras horas do dia com familiares e amigos. Embora isso possa parecer o ideal, nem sempre é possível. 

“Quer uma dica? Não se esforce pelo cronograma perfeito, esforce-se por um cronograma realista.” 

Há ainda outros pontos a se considerar, como se desconectar, cortar os laços com o mundo exterior vez ou outra, para recuperar-se do estresse, e assim abrir a mente para novos pensamentos e ideias. Tirar férias também, claro.

“A verdade é que não há nobreza em não tirar um merecido tempo do trabalho. Já presenciei conversas em que colegas de trabalho travam uma verdadeira batalha moral para ver quem não tira férias há mais tempo, como se isso fosse um troféu a ser exibido com orgulho.” 

Os benefícios de tirar folga superam em muito as desvantagens. Com planejamento adequado, é possível tirar um tempo sem se preocupar ou sobrecarregar os colegas, ou mesmo ter que enfrentar uma enorme carga de trabalho quando voltar.

Pense nisso! E me conta: você está conseguindo equilibrar as coisas? 

Quero uma palestra com o brilhante Marco Pimenta na minha empresa! 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes