Como escrever e-mails que geram resultados – Por Luís Perossi

Escrever e-mails que geram resultados: como fazer? Se você está no mundo dos negócios, sabe que o e-mail marketing é uma ferramenta das mais poderosas, tanto para prospecção quanto para relacionamento com os clientes.

Aliás, o e-mail é peça-chave na engrenagem do marketing digital, uma vez que ela é uma das responsáveis por nutrir o  lead durante as etapas do funil de vendas.

Pois bem, o artigo de hoje surgiu de uma dúvida que recebi de um cliente da Perossi Conteúdo, que me perguntou exatamente como ele pode gerar retorno (no caso dele, a métrica é o número de vendas e mais acessos em um blog), com os e-mails que ele mesmo escreve. 

Como a dúvida dele é a de muitos também, resolvi responder em um artigo aqui no site Palestras de Sucesso.

Confira as dicas e veja a mágica acontecer! 

Afinal, qual é o objetivo de um e-mail?

O ponto de partida quando pensamos no e-mail marketing é: qual é mesmo o objetivo? 

Não tem o que inventar. Esqueça essa galera que paga de guru com hacks mirabolantes. O intuito de um e-mail marketing é despertar / estimular uma atitude. Ou seja, você quer convencer alguém a fazer algo. O objetivo é a ação, certo?

Sendo assim, é importante ter o objetivo em mente e se perguntar: 

1- Por que escrever isso neste exato momento? É algo único, diferenciado? Se trata de uma promoção? É algo limitado que está pra acabar? Exclusivo?

2- Quem são as pessoas que se importam com seu conteúdo? De que maneira esse conteúdo pode impactá-las? Seja um serviço ou evento, produto, etc.

3- Como a vida dessa pessoa era antes de tomar contato com o que há neste e-mail? O que mudaria depois que ela tomasse a ação de comprar seu produto, serviço? 

4- Se essa ação que ela teve a partir do seu e-mail, é de fato, algo que mudou a vida dela para melhor, como você poderia provar?

E-mails que geram resultados: dicas para produção do texto 

Pensando nas questões levantadas acima, é hora de criar um roteiro que irá te ajudar a fazer um texto capaz de convencer o leitor a tomar a atitude que você deseja. 

A estrutura é a seguinte:

  • Defina o contexto (Por que agora?)
  • Identifique a relevância (Quem se importa?)
  • Aponte o motivo do resultado (Por que a pessoa que ler deveria se importar?)
  • Demonstre sua autoridade (Como você pode provar seu valor?)
  • Contexto: uma promoção imperdível de dias das mães, depois de data, o valor voltará ao anterior.
  • Relevância: um filho ou filha que quer presentear a mãe, já acompanha seu produto/serviço há algum tempo, e sabe que o valor está muito atrativo.
  • Resultado: o filho irá deixar sua mãe feliz, com um presente inesquecível, terá momentos especiais em um dia muito significativo. Do contrário, sem a ação de comprar o produto/serviço, se sentiria frustrado. 
  • Autoridade: cases de sucesso do seu produto e serviço, com depoimentos de pessoas que tiveram ótimas experiências. Isso irá enriquecer o conteúdo do seu e-mail, mostrando mais autoridade e provas sociais. 

Antes de mais nada: é claro que o tema não acaba aqui. Além dessa estrutura abordada, que eu chamo de mapa para direcionar o conteúdo do seu texto de e-mail marketing, há sobretudo, um passo adiante quando você já tiver se familiarizado com os tópicos acima: criar o assunto perfeito para o seu e-mail. 

Quer seguir comigo nessa jornada? Então fique de olho nos meus próximos artigos aqui! Até a próxima! 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes