O que fazer para manter a disciplina, a constância, e tirar o melhor de cada momento da jornada?- Por Cristiano Zanetta Batman

Manter a disciplina para conquistar seus objetivos pode se tornar um desafio enorme para algumas pessoas. Afinal, manter a constância diante da inconstância da vida pode ser algo, no mínimo, um tanto complicado.

Já parou para pensar sobre o que o Batman faria diante de tal luta? A luta da autodisciplina, a luta contra si mesmo diante de tantas distrações e tentações capazes de nos tirar do caminho? 

Se você quer seguir em seu trilho e tirar o melhor de cada momento da jornada, aproveite este presente: um novo artigo do nosso Batman, Cristiano Zanetta, fresquinho só para você, confira! 

Manter a disciplina: você precisa saber olhar de fora 

Diante dos percalços e desafios, costuma ser da natureza humana se desesperar ou ceder.

Sobretudo quando cedemos diante de algo difícil e desconfortável, é mais comum ainda que bata aquele arrependimento, frustração, pois sabemos, lá no fundo, que se tivéssemos suportado um pouco mais, venceríamos.

Para manter a disciplina, é preciso, antes de mais nada, de serenidade. Quando tudo parece ruir, desabar, experimente olhar de fora e perceber que no espaço/tempo das coisas, você está apenas diante de um, de tantos outros fragmentos da vida. Uma fase que é capaz de nos trazer aprendizagem, basta que saibamos extrair os ensinamentos.

Não vou te dizer que tudo é bom na vida, que tudo é alegria ou te leva a alegria

De forma alguma te direi que tudo é bom, que a vida é feita apenas de alegrias e que todas situações ruins nos levam a ela, longe disso. Conforme comentei em minha entrevista para o blog:

“Tudo é vivenciável, tudo ensina algo e tudo vai passar, tanto o que é bom quanto o que é ruim. Por isso a gente deve olhar pra vida como quem olha Gotham do alto de um prédio, observando, percebendo, entendendo e sentindo, mas ciente de que fases passam, de que jornadas modificam.” – Cristiano Zanetta Batman 

Algumas dicas do Batman para manter a disciplina e constância 

Sempre procure reconhecer suas fraquezas

Ignorar as armadilhas e mesmo desafios, não farão com que desapareçam. Portanto, se acontecer do fato de comer doces ser a queda para seu objetivo de perder peso ou se acessar as mídias sociais é o gatilho que  sabota sua produtividade, reconheça essas ações como suas fraquezas, E assim com todas as demais coisas que tirem seu foco. O primeiro passo para criar uma mudança positiva. 

Crie um plano claro

Você não vai acordar mágicamente como o ser mais autodisciplinado do mundo. Em vez disso, você precisa de uma estratégia para construir o que chamo de músculos mentais.

Se você deseja aumentar os bons hábitos – como ir à academia com mais frequência – ou eliminar os maus hábitos – como ficar horas e mais horas vendo séries – você precisará de um plano para transformar suas intenções em ação. 

Descreva as etapas de ação claras que você começará a tomar diariamente.

limite a oferta tentadora 

Limitar as tentações pode ajudá-lo a construir lentamente maior autodisciplina ao longo do tempo. Se sua fraqueza envolve checar as redes sociais a cada dois minutos, encontre um aplicativo que bloqueie o acesso ao Facebook. Ou, se não resistir a gastar demais quando for à loja, deixe o cartão de crédito em casa e leve apenas dinheiro. 

Treine a tolerância ao desconforto

É natural tentar evitar a dor. Mas evitar o desconforto de curto prazo geralmente leva a problemas de longo prazo. E toda vez que você cede, você reforça para si mesmo que não consegue lidar com a angústia.

Pratique permitir-se sentir desconfortável e provar a si mesmo que você pode suportar isso. Se isso significa correr na esteira por mais um minuto do que você pensou que poderia ou resistir à vontade de pegar um cigarro, treine seu cérebro para ver que a dor não é o inimigo.

Visualize as recompensas

Lembre-se das coisas que você ganha quando resiste à tentação. Visualize-se alcançando seus objetivos e colhendo os benefícios da autodisciplina.

Recupere-se dos erros

O progresso geralmente não vem em linha reta. E só porque você comete um erro não significa que você é um fracasso. Cometer erros faz parte do processo para se tornar melhor.

A maneira como você se recupera desses erros é o que mais importa. Aprender com seus erros e se comprometer a fazer melhor da próxima vez pode ajudá-lo a construir autodisciplina.

A BATsenha foi compartilhada. Agora é com você.

Quero a palestra mais impactante do Brasil agora, com o Batman! 

Escrito por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem palestrou?

Você precisa absorver muito conteúdo mas não encontra tempo para ler?

Milhares de pessoas tiveram uma experiência transformadora ampliando os limites do foco e da memória. Agora é a sua vez!

Clientes